relacionamento curto

Uma pesquisa realizada pelo departamento de psicologia de Harvard revelou que as pessoas [tidas como] bonitas têm mais chances de terem um relacionamento curto. A descoberta aconteceu após a junção de quatro pesquisas diferentes sobre o assunto e publicada no periódico científico Personal Relationships.

A primeira pesquisa foi feita com 238 participantes e mostrou que pessoas consideradas atraentes tiveram casamentos curtos e uma grande taxa de divórcios. O mesmo estudo foi realizado, só que desta vez os objetos de análise foram 130 celebridades. A conclusão foi a mesma do primeiro levantamento.

Na terceira vez foram analisadas 134 pessoas e mostrou que pessoas bonitas planejam sempre o próximo relacionamento e procuram parceiros igualmente atraentes. O quarto estudo analisou 156 participantes e descobriu que as pessoas que se sentem bonitas consideram as pessoas que também se sentem bonitas mais atraente.

A conclusão é que as pessoas bonitas estão propensas a terminarem seus relacionamentos por não terem muita força de vontade para manter a relação de forma saudável. As cientistas criadoras do estudo disseram que a beleza pode trazer a sensação para essas pessoas de que existem opções melhores fora da relação e do que ela vive hoje.