ereção

Cuidar do corpo é sempre bacana, ser desejado e tudo, mas como anda o seu desempenho na cama? Será que esse corpo maravilhoso corresponde quando está entre quatro paredes com o seu parceiro?

Um estudo realizado por uma universidade italiana constatou, que a “musculação pélvica” pode melhorar a qualidade da ereção, e ainda, ajudar quem tem problemas de ejaculação precoce. Em último caso, é possível passar de uma gozada de 31 segundos, para uma de 2 minutos, após 12 semanas.

Então vamos deixar de e começar a treinar a neca. Vamos treinar!

Seguuura!

Dedique dois ou três dias na semana para se masturbar. Quando chegar ao ponto máximo da excitação, próximo ao orgasmo, aperte a glande. Repita o exercício com a ajuda de seu parceiro e, na etapa final, parta para a penetração (sem realizar movimentos de vaivém). Segure o máximo que conseguir… Depois, como diria Dercy Gonçalves: relaxa e goza!

Mostre quem manda

Depois que tomar consciência do músculo pélvico e passe a controlar. Enquanto urina, segure o jato durante 10 segundos e solte. Faça isso 3 vezes. Fora do banheiro, repita esse movimento 30 vezes. Repita também por 3 vezes, alternando uma série lenta com uma acelerada.

Prende e solta

A respiração é essencial para o homem que quer prolongar a relação sexual. Quando sentir que a excitação está ficando muito intensa, deixe o ar entrar bem devagar pela boca, enchendo peito e abdome, e solte também pela boca, ajudando todo o corpo a relaxar. Faça isso primeiro durante a masturbação e depois, junto com o parceiro.

Massagem

Alguns homens têm muita sensibilidade no pênis, o que pode favorecer a ejaculação precoce. Use uma toalha macia e molhada para massagear o órgão e a glande por alguns minutos durante o banho. Isso ajuda a controlar o estímulo.

Rebola

O potencial orgástico está relacionado à mobilidade do quadril. Turbine o prazer com o fortalecimento da região. Deite com os joelhos flexionados e os pés apoiados no chão. Coloque as mãos embaixo das costas, na região lombar. Inspire e “achate” as mãos nas costas; expire e afaste a lombar das mãos. Repita 10 vezes, sempre contraindo o músculo que controla a urina.

Fecha o c*!

Sente-se em uma cadeira ou no vaso sanitário e apoie os cotovelos nos joelhos. Puxe os músculos da região pélvica para cima, como se estivesse interrompendo a saída de gás ou urina. Mantenha a contração por 10 segundos e relaxe. Repita durante 5 minutos, diariamente.

Musculação

Com o pênis ereto, “pendure” uma toalha e contraia o músculo, como se quisesse elevar o tecido. Faça 3 séries de 10 repetições, 3 vezes por semana. O músculo forte e resistente auxilia no fluxo sanguíneo e proporciona mais rigidez.

Estica

Para ganhar mais agilidade no músculo pélvico, suba em um degrau só com um de seus pés e deixe o outro suspenso. Ao inspirar, tente alcançar o chão com seu pé livre, sem flexionar o joelho da outra perna, apenas deslocando o quadril. Ao expirar, eleve o pé solto acima do nível do outro, também sem o uso dos joelhos. Repita 10 vezes.